11 outubro 2011

Latina

...prossigo latina e continuo a palmilhar por este velho continente. Componho minha história de imigrante com a voracidade e intrepidez de um marinheiro. Arejo minha alma inquieta com um pouco de ginga, de dengo e de samba-canção, sentido-me assim... mais forte e mais poeta. Entretanto, a fragilidade com que sou revestida quando ando pela Europa é um estado natural de imigrante. Falo de uma vigilância positiva, sem medo, que me acompanha constantemente, visto que, estou sempre a me justapor, identificando usos e costumes num país onde não nasci. Aqui onde vivo, tenho o privilégio de conviver com pessoas de todas as partes do mundo, deixando-me fascinar por suas culturas, por suas raças e por seus idiomas. Não obstante, em contrapartida, me revelo brasileira que sou, mostrando todo o carinho que tenho por minha terra. Entusiasmada, falo de meu país como quem fala de um grande amor. Por um instante fugaz, sinto o aroma inconfundível do limão, do café e das torradas. Falo de nossa alegria, da mistura das raças e de nossa hospitalidade. Lembro dos jacarandás floridos e da exuberância dos flamboyants. Sinto na pele o calor escaldante do sol e o frescor salgado das águas de nossos mares. Como que hipnotizada, passo os olhos por Porto Alegre e lembro de Quintana, da Rua da Praia e do Guaíba. Falo de Vinícius, de Tom, de Veríssimo e de Caymmi... Sou peregrina, de coração brasileiro!
O carinho pela patriazinha
não impede que eu goste muito,
muito da cidade em que vivo.
Ela é linda!


Perdoem o texto longo!

Tacinhas da GreenGate. Veja o catálogo aqui!




Imagens: Ilaine

48 comentários:

Nelce disse...

Delícia de post Ila...
bjo.

Meus trabalhos em Mosaico disse...

Oi Lila, Tenha um Bom Dia, bjs Schandra

Moro em um Kinder Ovo disse...

Lindo texto. É nostálgico, mas não é triste. É sensível, como você.

Angela disse...

Lindo texto! Gostaria também de sentir esta paixao que vc tem pelo Brasil. O Brasil me decepcionou muito.
Beijos e um ótimo dia para vc.

Cibele Leite disse...

Ila, lindo texto, belissimas imagens, muito inspirador, faz muito tempo que vc mora fora do Brasil?

Beijokas

Καλλιόπη . . . disse...

Menina, suas imagens são de cair o queixo!! Adoro...

Bjus
@OMundoDeCaliope

Por que você faz poema? disse...

Vives fora do Brasil,
mas o Brasil nao vive fora de você.

Rose disse...

Que lindo este seu post...o Brasil e de um encanto tao grande, que contagia a todos...meu marido de 20 anos de casamento me diz que quando se casou comigo, se casou tambem com o Brasil...ele que so veio a descobrir o Brasil depois do nosso casamento diz que e 99% brasileiro...
o 1% e canadense....
Assim fica mais facil ser brasileira morando em outro pais.
Grande abraco!!

Meire disse...

Ila querida, fiquei encantada com o que escreveu. Faz tempo que moras fora, mas o Brasil pelo que disse vive em seu coração sempre. Então sinta meu abraço com carinho ;)
bjokitas mil.

JOANA CAMPOS disse...

Longo nada, amei o texto.
A mesa tbém tá linda...amei essas tacinhas de poás.

Beijos

Margarida disse...

Tudo tão apetitoso! Tão bonito e tão delicado. E o texto... Exprime sentimentos que a mim me fascinam. Talvez por não os viver e assim não os sentir, mas encanta-me quem está desse lado e assim vive. És uma heroína.

Maria Luiza disse...

Texto longo escrito com cuidado, esmero e com o coração, como esse seu não cansa, pelo contrário nos coloca dentro dele e nos faz sentir cada exclamação de saudade, de alegria, de vibração de sua alma. Sem falar das fotos, dom de Deus que vc tem. Também tento uma cenografia, mas não vejo requinte como vejo aqui. Tudo sempre impécável, clen e lindo. As louças de bolinhas pintaram alegria no seu post. Frutas e flores me apeteceram. Beijinhos!

Andréa disse...

OLÁ MINHA QUERIDA!
LINDO TEXTO,COM BELAS PALAVRAS QUE DÃO PRAZER EM LER.
AS IMAGENS ESTÃO PERFEITAS, LINDAS DEMAIS!
OBRIGADA!!!

BEIJÃO DE CORAÇÃO,
ANDRÉA....

Liliane de Paula disse...

Ualllllll! Pêssegos.

RetroMomentos disse...

Nossa, que lindo texto! Tamanha riqueza de conhecimento vc conquista diariamente com esse mix de culturas, etc.

Imagino tbem a saudade q deve sentir do nosso país. Adorei o post, lindo demais! bjuss

Marly disse...

Perdoar o texto longo?, como assim? rsrs.
O texto é maravilhoso, cheio de amor e lucidez e escrito numa linguagem graciosa e culta!
E as imagens são lindas, uma alegria para os olhos!

Beijoca!

Sílvia Rosa disse...

Post perfeito, delicada Ila!
Receba o carinho da tua terrinha amada, que sempre espera seus filhos de braços abertos...
Beijinhos!

Josy disse...

Que lindo texto Ila, bem se sente o amor que vc tem pelo nosso Brasil, super poético e sensível como vc. Adorei o texto e as imagens. Bjos no coração

Apto dia a dia disse...

Ila, que post lindo....
Imagino a saudade que vc fica da nossa terra, mas enfim a Santa Internet, que deixa esse espaço tão grande, um pouquinho menor!!

bjoooo
Fer

Claudia (Perfeita Ordem) disse...

Esses seus posts minha amiga,sempre me fazem viajar!
Suas irmãs já te contaram da nova novela das seis,A vida da gente,gravada em Porto Alegre?
Fico eu sonhando,relembrando e mostrando ao meu filho a cidade linda onde ele nasceu.
Bom ter saudades não é minha amiga,sinal de que temos muitas coisas boas esperando por nós e que já vivemos momentos muito especiais em nossas vidas!
Beijo,linda noite!

Claudia (Perfeita Ordem) disse...

Esses seus posts minha amiga,sempre me fazem viajar!
Suas irmãs já te contaram da nova novela das seis,A vida da gente,gravada em Porto Alegre?
Fico eu sonhando,relembrando e mostrando ao meu filho a cidade linda onde ele nasceu.
Bom ter saudades não é minha amiga,sinal de que temos muitas coisas boas esperando por nós e que já vivemos momentos muito especiais em nossas vidas!
Beijo,linda noite!

vanusa disse...

Ei poetisa!! Como está?
Essas fotos estao lindas!
Tenha um ótimo dia!
bjos!

Ivana disse...

Como falou bonito do nosso país! Pena muitas pessoas não reconhecerem o país maravilhoso que é nosso BRASIL. Bjo gde

Regina Fernandes disse...

Minha linda e doce boneca ISA, que saudades!!!!
Estou de volte!
Belíssimos dizeres da alma, tua alma cheia de sensibilidade e composta de amor!
Essa é vc!
Bjinhos mil

Carol disse...

Passando aqui bem rápido para te dar um "oi".
Ilaine, meu pai planta, cuida, colhe e faz doce de figo. É um doce feito de amor e dedicação, não sou muito fã de doce, mas o do meu pai eu como, mesmo que seja um pouquinho porque sei que vou me encher de todos os bons sentimentos que ele coloca em tudo que faz.
Beijos

Cris e Nai disse...

Ila, pode escrever a vontade, principalmente quando se trata de um texto que fala de amor, saudade só se sente daquilo que se gosta. As tigelas estão lindas. E que bom que gostou do Meme. Bjs!!! Cris!

raquel pedruzzi disse...

Oi Ila!
Entendo a sua saudade da pátria amada, porque eu moro numa cidade diferente de onde eu nasci e sinto aquela saudade nostálgica do lugar onde passei minha infância e adolescência! Mas ao mesmo tempo adoro a minha cidade atual, onde moro desde que me casei e onde criei meus filhos, longe da agitação da capital do Estado, numa pacata cidade litorânea e onde fizemos um círculo de novos amigos!
Claro que no seu caso a distância aumenta esse sentimento de amor e saudade da terra natal... Mas se mistura ao novo amor que desenvolveu pela terra que a acolheu agora!
Lindo post e belas imagens querida!
Bjsss

fatti___ disse...

oi mina amiga querida...

Gosto de gente com a cabeça no lugar, de conteúdo interno, idealismo nos olhos e dois pés no chão da realidade.

Gosto de gente que ri, chora, se emociona com um simples e-mail, um telefonema, uma canção suave, um bom filme, um bom livro, um gesto de carinho, um abraço, um afago.

Gente que ama e curte saudade, gosta de amigos, cultiva flores, ama os animais.
Admira paisagens, poeira e chuva.

Gente que tem tempo para sorrir bondade, semear perdão, repartir ternuras, compartilhar vivências e dar espaço para as emoções dentro de si, emoções que fluem naturalmente de dentro de seu ser!

Autor: Arthur da Távola

dedico a vc esse poema minha linda!

bju carinhoso!

Graça Tristão disse...

Ilaine, quem não tem lembranças? Não tem passado é mesmo?!? Tudo lindo por aqui como sempre... Carinho e vida nos versos. E é claro nas imagens idem!
Paz e Luz em teu coração
Bjcas
Graça (Arte e Mimos)

Sandra Bugs disse...

Adoro os teus textos! Podem ser longos o quanto quiseres! Tu inspiras a valorizar o meu sentimento de ser brasileira. E que figos maravilhosos!!! Muito obrigada pela inspiração! Beijos, Sandra

Bibia Bueno disse...

Texto LINDOOOOO e fotos perfeitas! :)

Allan Poe é meio pesado pra crianças, né??? rss

Eva disse...

Ila querida, belissimo post, você é uma poeta em todo o sentido da palavra, você respira poesia, mas devo te confessar que não consigo tirar o olho desse figo, hehe, me deu água na boca, amo figos, um dia maravilhoso para você, querida amiga.

Cecília disse...

Perdoar o texto longo??? Adorei a alma latina tão bem definida!
Bjs

Andressa C. disse...

Tudo lindo.

Rô Faleiro disse...

Oi flor
que lindo esse seu carinho pelo Brasil :)
adorei as tacinhas (todo post na verdade)
Tenha um ótimo dia
bjinhus

Zi disse...

Delícia seu texto! parabéns pelo capricho das fotos! bjs Zí

Jô Bibas disse...

Texto longo? Nada! Fala do amor à pátria, raízes, tudo muito importante. Hoje também falei de coisas sentimentos que precisamos guardar.
BJô

Claudia (Perfeita Ordem) disse...

Que benção Ilaine!
Seu filho nasceu num dia muito lindo!
Eles são um presente de Deus para nós!
Quinze anos também é uma idade muito linda!
Que o Chistian seja muito feliz,que Deus o abençoe muito!
Já o abençoou dando a ele uma mãe tão especial como você!
Parabéns à você e seu marido também minha amiga,e que Deus abençoe toda a sua família sempre!
Beijo.

Vânia Pinho disse...

Amiga em um texto lindo assim o que que a gente menos repara é o tamanho!! Maravilhoso texto, como sempre.
Então...temos mais uma coisa em comum amiga, que bom.
Parabéns para seu filho e que Deus o proteja sempre.
Obrigada pelo carinho.

bjoss e um lindo dia para vocês

VÂNIA PINHO

Josinete Beatriz disse...

Oi, meu Anjo! O que mais gostei é saber que sou alcançada pelo seu carinho, mesmo estando aqui, tão longe, numa cidade tão pequena!O seu texto é doce e tem tanto carinho que eu me deixo levar pelos sentimentos lindos que com certeza brota do teu coração, através da escrita...é..."Artesã da Palavra"...lindo! PArabéns pelo niver do filho... desejo com o coração cheio de alegria que esta família receba de Deus, todas as bênçãos necessárias! Com carinho especial, receba daqui,um grande beijo! Sua amiga, Josi.

✿ chica disse...

Que lindo sentir-se assim!!! Lindas imagens e até por P.Alegre, onde moro, passeaste,rs beijos,chica

Myrian disse...

Querida Ila,
Pedir perdão pelo texto longo?
Como assim???
Nós temos que agradecer, e muito, por todas as suas palavras carregadas de tanto sentimento e pelas fotos maravilhosas que nos alegram e nos inspiram.
Um milhão de obrigadas!
Beijo carinhoso.

O meu pensamento viaja disse...

Correção:
Onde se lê "perdoem o texto longo", leia-se:
- Deleitem~se com o texto longo.

Segunda correção:
- Os teus textos nunca são longos!

E as fotos, as fotos, Meu Deus?
Obrigada, muito obrigada por permitires que os meus olhos sejam mimados.
Beijo
Nina

Alessandra disse...

Peço que me ajude numa grande corrente de oração por meu sobrinho Felipe,de 3 aninhos, que continua internado no C.T.I, desde quinta-feira, mas agora em estado estável graças à Deus.Já respira sem ajuda de aparelhos, já estão tentando alimenta-lo com mamadeira, pra tira a sonda dele. Acordando aos poucos por causa da medicação, e chorando muito por não entender o motivo, de está naquela cama amarado pra não arrancar a sonda, o dreno, e o soro. Ela está com uma encefalite aguda, que se complicou por ele ter passado por uma cirurgia de adenoide a pouco tempo, e a imunidade dele estar muito baixa.
Acabei de escutar o chorinho dele pelo telefone, é de cortar o coração, em nome de Jesus esse pesadelo está acabando.
Obrigada desde já a todos!
Alessandra Soares ( Realizando Sonhos...).

Regina disse...

Bom dia!

Que bom receber sua visita novamente. Vejo que voltou a blogar com toda energia. Isso é bom, significa q de algum modo você lidou positivamente com dúvidas q tinha.
Tenho andado tão ocupada que nas últimas semanas somente conseguia visitar os q apareciam no meu espaço. Muitas vezes quis vir aqui, mas não conseguia. Estou em falta com você e com algumas outras pessoas.
Gosto muito desse seu espaço. É um lugar para vir e curtir, e ficar por algum tempo. Gosto muito de ler o q você escreve, e gosto demais de suas fotos. Se morássemos perto uma da outra, eu iria querer umas aulinhas.
Um beijo

Izabel Biali disse...

Lindo texto.
Belas fotos.
Só te digo uma coisa, que fiquei loquinha para dar uma dentada naquele
figo. Uma delícia.
Beijo
Izabel

SoBijoux disse...

Ilaine, lindo o seu desabafo, me identifiquei com muita coisa...sentimentos de quem vive longe da terra natal...
As imagens, lindas como sempre, adoro os artigos de Green Gates!!!
Quanto aos figos, uhm sou louca por figos, mas aqui, acabou a época deles. Este ano não fiz doce, mas costumo fazer, fica uma delícia!
Bjocas
Ione

Claudia disse...

Ila,
Estou atrasada com algumas visitinhas, mas sempre que venho no teu blog, passo por todos os teus posts. Aqui não se pode perder nada.
Ao ler teu texto minha mente passeou por Porto Alegre. Adoro esta terrinha também.
Um grande beijo.