14 janeiro 2013

Então, escrevo para mim. Digito um pouco do que sou nesta tela. É uma espécie de desabafo com este computador amigo: ele me ouve, registra e concorda comigo. Através dele, olhos para o mundo, saio de casa. Penetro por esta técnica, da qual nada entendo, e alcanço milhas. A expressão é um espelho. Através dela mostro quem eu sou e me exponho. A escrita é uma espécie de parte, pedaços de mim que se formam em mensagem. As palavras são reveladoras. Algumas vezes, sei escolhê-las, outras vezes, me perco em seu universo e me falta o talento. Ai, palavras, que estranha potência a vossa, dizia Cecília. Sim, são poderosas e exigentes. É preciso saber manejá-las para delas emanar. Elas, quando as encontro, carregam-me para além de mim. Transportam-me para um lugar normalmente inacessível e me concedem felicidade. Então nos encontramos e juntas, vamos navegando. Flutuamos para um espaço só nosso. Talvez camuflado para o leitor. Talvez transparente. A gente nunca sabe.

Beijo no coração





Imagens: Ilaine

14 comentários:

Eli Martins disse...

Ila querida, sempre suas palavras e fotos maravilhosas.
Como vc esta, esta no Brasil ou já voltou para o lar internacional.
Bjs

Rose disse...

Que coisa mais linda estas flores amarelas neste bowl....O Divino mora mesmo na simplicidade e voce soube ver isso. Lindo!

Cris e Nai disse...

É sempre muito bom ver o registro das palavras que deixas aqui, e ainda acompanhado destas lindas imagens, sejam elas de frutas, flores, castelos... Beijos!!!

Lilá(s) disse...

Maravilhosas imagens e palavras!
Bjs

mel e jasmim disse...

Olá minha querida,
já temos saudades! Que palavras lindas! Você tem um dom. È maravilhoso ler seus textos, temos sempre vontade de saber mais. Há pequenas leituras maçadoras, mas aqui a leitura é tão agradável, tão cheia de luz.
Beijinhos de Portugal,
mel e jasmim

Ana Paula A. Serafim disse...

Ila, belas palavras. Me vi nesse texto, através do computador (blogs) eu viajo o mundo, conheço pessoas, faço amizades e idealizo mil coisas em minha cabeça.

grande beijo,
Ana

coresdocaminho - Alice disse...

Oi Ila, que maravilha de texto e as imagens nem se fala. Amei.
Bjks e otima semana

Mariana disse...

Lindo texto, é verdade, palavras são poderosas!!! Beijos Ila

Sissym disse...

As primeiras jardineiras que eu tive no antigo apartamento tinham estas delicadas flores. Ganhei sementes num sinal de transito e elas renderam por muito tempo. Depois, plantei mini-roseiras.

Beijos

Sissym disse...

As primeiras jardineiras que eu tive no antigo apartamento tinham estas delicadas flores. Ganhei sementes num sinal de transito e elas renderam por muito tempo. Depois, plantei mini-roseiras.

Beijos

Rosangela disse...

Ilaine

Lendo as suas palavras, acabei refletindo que mesmo que tivesse ninguém lendo as minhas postagens, não deixaria de falar do que gosto ou do que preciso desabafar...aí não sei o que seria de mim sem esse diário virtual.

P.S.: lindas flores.

Bjs

Decora Adora disse...

Amiga querida siempre sus imágenes y fotografías son bellas . Esas flores bellas
Cariños

Marion disse...

É... Também encontrei no blog uma espécie de diálogo comigo mesma, com minhas / nossas criações e vivências. É muito bom....!

Teresa Aparecida de Aquino Soranso disse...

Palavras bonitas e flor que diz tudo de tão linda! Bjs, querida!