25 janeiro 2018

Rastros

Em todos os caminhos por onde passamos, deixamos um pouco de nós, 
seja em viagens, na convivência em nosso bairro ou ainda na rua em que moramos. 
Em contrapartida, levamos conosco tudo o que nos comove, 
o que nos entristece e o que nos encanta. 
As pessoas que encontramos, ainda que por um breve momento, 
muitas vezes... nos impressionam de tal maneira, que nunca mais as esquecemos. 
Passamos então a ilustrar nossos dias com um sorriso, 
com uma palavra de carinho, com um gesto delicado, com a ternura de um olhar. 
Essas vivências, em forma de cenas casuais, são como um toque mágico em nossa vida, 
pois estávamos precisando justo disto: de um afago. 
E seu poder é imensurável. 
Na verdade, a atenção concedida são pequeninas sementes 
que foram espalhadas em nosso caminho. 
E nós as guardamos em algum lugar dentro de nós, para sempre. 

E, se delas cuidarmos, poderão germinar!


6 comentários:

brisonmattos disse...

Que singeleza! Você, texto e flor.

Patricia Merella disse...

E eu guardo tu para sempre em mim. É impossível eu ver delicadezas no meu caminho e n pensar em ti! Beijinhos

Mel disse...

que lindo! ♥

O meu pensamento viaja disse...

Ila querida, só uma alma sensível redigiria este texto escolhendo a imagem perfeita para o ilustrar.
Adorei ter notícias suas.
Beijo grande da Nina

Alfa & Ômega disse...

Suas pegadas grudaram na minha alma! Não se apagarão! Creia! Beijos!

© Piedade Araújo Sol disse...

Na simplicidade das palavras, disse tanto, tanto...
E fez um bom suporte às mesmas com esta foto simples e transbordante de beleza
beijinhos
:)