27 novembro 2012

Em nosso tempo



Estão sentados no jardim, unidos e felizes. Entre eles já não cabe uma brisa e a respiração de ambos é um ritmo de compassos perfeitos – existe algo belo, gêmeo, invisível talvez. Há uma amizade eterna, quase palpável – tecida pelos anos, como se fosse um tapete costurado de vivências e histórias. O tempo ainda tão jovem registra horas iguais, tique taques sem hiatos, sem ausências. Ela é princesa, menina dinamarquesa. Pouco conta, pouco fala, o olhar inundado de felicidade é que diz, expressa e cativa. Ele é menino do mundo e carrega no peito o amor por três países, por três culturas. Na grama verde, debaixo da mangueira, ela e ele tomam o mate. A cuia pequenina e redonda... a trouxeram da viagem para Buenos Aires querida. Não estão sozinhos... Hemingway acompanha-os com sua boemia. Enquanto Martha descansa as pernas no colo de Tobias, ele lê a obra em voz alta – no original – in our time. O livro é o instante, o elo que estica e eterniza o momento, como se fosse um desenho ou um quadro – o menino e a bela, sentados no jardim, lendo Hemingway. 



Imagem e texto: Ilaine

14 comentários:

Decora Adora disse...

Ilianne
Me encanto esa imagen de la flor para empezar la mañana cariños

Mariana disse...

Ila, que texto lindo!!! Romântico! Por alguns momentos me vi com meu marido nesse cenário, rs. Adorei. Beijos!

Patricia Merella disse...

Querida Ila
Voce sempre nos encanta com seus contos! Lindo,voce precisa editar um livro urgente! A imagem é perfeita!bjkas

Alessandra disse...

OI tudo bem , blog lindo
perfeito ,adorei passar por
aqui , vem dar uma espiadinha
no meu também tem 3 sorteios por lá
fico esperando vc
até mais

mel e jasmim disse...

A imagem ilustra bem o romantismo do texto!
Obrigada querida por estes momentos de pausa em nossas vidas.
Quando lemos o que escreve, ficamos estáticas, num clima de serenidade e fascínio.
Um beijo querida
mel e jasmim

Josy disse...

Que belo texto Ila, vc tem o dom ao passar em linhas os seus sentimentos. A imagem fala por si só. Linda. Bjos miga

Izabel Biali disse...

Oi Ila,quanto tempo não apareço por aqui.Sempre fotos e textos lindos.
O de hoje belo texto romantico,muito bonito.
Beijos
Izabel

VENTANA DE FOTO disse...

Dos imágenes que ponen el broche de oro a un magnífico texto.

Te saluda

http://ventanadefoto.blogspot.com.es/

msgteresa disse...

Querida Ilaine!
Como é bom estar de volta aqui, ao teu doce castelo brasileiro,querida amiga! Sei que ando meio sumida,desaparecida destes teus jardins...Não por vontade própria,mas sim pelos chamados afazeres da vida, neste finalzinho de ano que já se anuncia. Mas saibas, que passar por estes teus telhados, é algo que sempre me alegra os olhos e adoça o meu coração...Tudo por aqui é sempre tão repleto de carinho e encanto,amiga!
E lendo hoje este teu belo texto, nascido de pura ternura, viajei para bem longe... E refleti sobre alguns sentimentos que guardo com carinho,sobre as amizades e emoções que resistem à distância e ao tempo, mas que quebrando todas as possíveis lógicas da vida, nos fazem tão humanos! Porque acredito que o verdadeiro amor,vivido das maneiras mais variadas possíveis, sempre é eternizado no coração de alguém que ama... E sempre pode ser plenamente vivido,quando aqueles que amam, se encontram... Assim como a lua que encontra o sol pela manhã...Ou assim como a amizade doce de um menino e sua princesa dinamarquesa,num verde jardim brasileiro...
Beijos carinhosos no teu coração de flor!!!
Teresa

Cristina disse...

Olá :)
Adorei estas macros, pela sua nitidez e suavidade! :)

Rui Pires - Olhar d'Ouro disse...

Olá Ilaine!
Grato pela tua visita ao meu Olhar d'Ouro e pelo comentário, mais ainda por seguir!
Devo dizer que é um prazer ter encontrado teu blog, só vejo por aqui coisas lindas!
Estou para ficar!
Obrigado!
Bjs

CamomilaRosaeAlecrim disse...

Simplismente inspirador!
Quanto talento... parabéns!
Ótimo fim de semana : )
Beijos
Alecrim

Myrian disse...

Olá querida,
Seus textos sempre me enriquecem.
Deixo aqui para você meu desejo que tenha um ótimo final de semana.
Beijo carinhoso.

emiliano norma disse...

Que romantismo! Acompanhado de uma bela imagem.
Lindo.
bjs