18 fevereiro 2014

É um bailado. Um ritmo manso e leve festeja a aurora. 
Os passos da natureza, ainda que vagarosos, são intensos e extraordinários. 
Não importa a neve de ainda há pouco, não importa a noite fria. 
Há que florescer.
No jardim há centenas de Schneeglöckchen. 
Flor de leite. Sininhos de neve. 
 Brancas e lindas! 






Imagens: Ilaine

4 comentários:

Ciane disse...

Ai da ontem minha caçula foi passear com a a avó no bosque e me trouxe algumas Schneeglöckchen! Lindas!
Uma linda semana para ti, Ila! Beijos

Nilson Barcelli disse...

Palavras e fotos belíssimas.
Gostei.
Um beijo, querida amiga Ilaine.

Marly disse...

Oi, Ila,

Que bom que é receber a sua visita, fiquei feliz! Esta flor de leite é uma planta muito interessante, delicada e forte, ao mesmo tempo. Já o pequeno texto transborda sensibilidade, como sempre, aliás, rsrs.

Um beijo

Alexandra Melo disse...

Bom dia amei o seu post e o poema, também sou apaixonada por flores.
Bom fim de semana
Beijinhos
Alexandra Melo