17 setembro 2015

Dia a dia

Gosto dos ritos cotidianos. Eles não me cansam, ao contrário, me inquietam. Já saí para fotografar e comprei flores. Arrumo a casa, rabisco ideias e invento minhas fábulas. Disponho-me para o novo e recordo o momento feliz vivido lá longe. Minha usual impaciência me faz criar. O meu olhar procura outros prismas e, em minha sofreguidão, desenho novos retratos... em outros momentos. A natureza exerce uma estranha força sobre mim e sua graça é infindável. Em folhas soltas registro então algumas palavras – em rasgos de sentimentos. E a palavra pode virar poesia em longa prosa. Que a imagem possa ilustrar minha paixão pela fotografia – uma deliciosa loucura em meu cotidiano.

Obrigada por todo o carinho!

12 comentários:

✿ chica disse...

Linda impaciência bem criativa! Adorei te ler e a foto!

bjs,chica

Things and Thoughts disse...

Your photos are always such a joy to look at!
Have a nice day in this wonderful city!
Olympia

Claudia Caprecci disse...

Suas imagens sempre lindas Ilaine!
Ótimo dia minha amiga!
Beijo.

Angela Cristina disse...

Bom dia amiga!!
Que o sol desse lindo dia ilumine sua vida.
Que traga ainda mais luz e vida para olhares maravilhosos. Que vc possa a cada dia mais nos trazer atreves da tela essas imagens únicas, que transmitem tanta paz.
Amo estar aqui
BEIJOS!!

Poções de Arte disse...

Não só a foto, mas as palavras usadas para descrever um pouco do seu sentimento, transmitem o amor pelo que faz e a inquietude pelos detalhes perfeitos.
Apaixonei! A foto está belíssima, assim como o texto.
E te entendo bem... se aproximar da natureza e tentar deixá-la dentro de nosso lar é o que nos mantém vivos.
Abraços e ótimo dia.
Márcia.

Maria Luiza disse...

Não encontro adjetivos próprios para as suas artes perfeitas, primorosas! As duas se unem causando-me a sensação de inteireza dum contentamento só! Meu desejo para si é de continuidade! Beijo!

O meu pensamento viaja disse...

Sim, Ila! A tua escrita é toda ela poética ainda que em prosa. São os teus olhos, a tua alma, que assim percepcionam o quotidiano.
Beijo da Nina

Maria Teresa Valente disse...

Olá, Ilaine! Quanta beleza no cotidiano, que passa desapercebida.
Registrar esses momentos, com tamanha perfeição, é um lindo dom.
Parabéns e obrigada por compartilhar sua arte, abraços carinhosos
Maria Teresa

Sissym Mascarenhas disse...



Impaciencia não é bom. Aprenda a respirar fundo. Se estiver se sentindo assim, apos respirar fundo, mude um pouco o foco, pense em outra coisa, se puder, ouça musica. Então volte.

Aqui eu lhe indicaria a Welleda/ANSIODORON - otimo!

Bjs

Andréia Regina Sarmento disse...

Quanta sensibilidade em seus textos e em suas fotos! Andréia

Francisco Manuel Carrajola Oliveira disse...

Uma bela fotografia minha amiga de um belo arranjo floral.
Gostei.
Um abraço e bom fim de semana.

Sissym Mascarenhas disse...



Ila,
Gosto do dia-a-dia, do que espero, do que sinto e realizo, ao mesmo tempo que a inovação e o desafio de algo novo me são atraentes.

Bjs