01 novembro 2015

Flores no outono

Cair da tarde. O sol está se pondo, desnudando sua beleza em imponderáveis proporções. Alonga-se pelos jardins e terraços, enquanto espalha sua tranquila e embaçada luz por sobre o mundo. É belo o que vejo, feito uma obra de arte. É como se Cézanne tivesse pintado em espessa tinta, os vivos contrastes das cores. Sinto a calma que se apodera nesse entardecer já quase dourado, da paz saliente que o momento concede. As sombras - espacinhos escuros – estão cobertos de brisas e de silêncios. 










11 comentários:

O meu pensamento viaja disse...

Ainda que murchando, conservam a sua beleza!
Bom domingo, queria Ila.
Beijinhos

Malú Holzmüller disse...

Dá pra sentir toda uma sensibilidade através de cada foto.Bjs e obrigada pela visita e comentário lá no meu cantinho.

Alex disse...

Maravilhosas as suas fotografias, como sempre!

Patricia Merella disse...

Lindo minha querida, feliz semana, beijinhos

Andréia Regina Sarmento disse...

Sensibilidade à flor da pele....literalmente, Ila!
Beijos,
Andréia

Maria Teresa Valente disse...

Admiro o que seu olhar consegue captar através da foto, muito lindas as imagens, obrigada, abraços carinhosos
Maria Teresa

Sissym Mascarenhas disse...



Muito lindo!

Élys disse...

Suas fotos bem batidas mostram toda a formosura das flores.
Um abraço.

Maria Rodrigues disse...

Belíssimas fotografias, fico encantada a olhar para elas.
Beijinhos
Maria

Debora disse...

Até as flores murchas ficam lindas pelas suas lentes!

Luciana Shirley disse...

Nossa que sensação boa senti ao olhar a forma como vc vê e fotografa a natureza........pessoas como vc devem ser bem calmas porque seu blog é uma verdadeira terapia.....muito bom estar aqui.....o mundo precisa cada vez mais disso!.....bjos!